COPA 2010 – Alemanha 4 x 0 Argentina

Os argentinos caíram na real

O técnico da Argentina, o marqueteiro Diego Maradona, disse que a derrota de 4X0 diante da Alemanha, foi como um soco de Muhammad Ali, como era conhecido Cassius Clay, um dos maiores peso pesados da história do Box mundial


Detalhe da primeira pagina dos jornais argentinos Clarin e La Nacion, desse domingo

Toinho de Passira
Fontes: La Nacion, Globo Esporte, Veja Abril

A seleção argentina em nenhum momento foi tão arrasadora e espetacular quanto Maradona fazia parecer. O marketing rendeu espaço na mídia e até os argentinos começaram a acreditar que eram representados por uma grande equipe, até que esbarram com a Alemanha.

Maradona chegou à África do Sul, disposto a ocupar todo o espaço possível como celebridade. Criou polêmicas, falando mal de Pelé, disse que era vontade de Deus que a Argentina chegasse à final.

E até prometeu ficar nu no centro de Buenos Aires, dando uma volta no Obelisco, depois de sua equipe se consagrasse campeã do mundo.

Nem Maradona conseguiu fazer a Argentina, campeã, coisa que não acontece há 24 anos, nem Lionel Messi, o argentino tido como o melhor jogador do mundo, fez um mísero gol, durante as cinco partidas da Copa do Mundo que participou.

Sem trocadilhos e com maledicência, podemos dizer que a ilusão Argentina transformou-se em pó.

Fotos: Reuters

Maradona a partir do segundo gol alemão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: