BRASIL

Como Lula trata os pobres longe dos refletores

Um vídeo onde o Presidente Lula diz a um menor favelado que deseja praticar tênis, que “tênis é esporte da burguesia, porra!” e sugere que ele pratique natação. O adolescente então reclama que a piscina do complexo esportivo local não abre nos fins de semana. Lula aparece se dirige a Cabral: “Se a imprensa vem aí no fim de semana e vê essa porra fechada, o prejuízo político vai ser infinitamente maior que colocar dois guardas aí“.

Captura de vídeo

Lula e Sérgio Cabral irritados com o menino Leandro que reclama que a piscina do complexo esportivo local não abre nos fins de semana. Lula o chama de “porra” e Cabral o chama de “otário” e “sacana“.

Toinho de Passira
Fontes: Blog do Noblat, Blog do Ricardo Gama

Um vídeo divulgado na internet mostra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), numa saia justa. Nas imagens, que teriam sido gravadas na inauguração de obras do PAC de Manguinhos do fim de maio de 2009, eles conversam com um garoto, que se apresenta como Leandro. O vídeo foi postado no site Youtube na sexta-feira e até a tarde deste sábado tinha 6.175 exibições.

A gravação começa com o adolescente dizendo a Lula que gostaria de ter um espaço para praticar tênis. O presidente responde que “tênis é esporte da burguesia porra!” e sugere que ele pratique natação. O adolescente então reclama que a piscina do complexo esportivo local não abre nos fins de semana.

No trecho seguinte, Lula aparece se dirigindo a Cabral: “Se a imprensa vem aí no fim de semana e vê essa porra fechada, o prejuízo político vai ser infinitamente maior que colocar dois guardas aí”.

*Observe-se que Lula não está preocupado com a administração do complexo polo esportivo, por parte de Cabral, seu foco é apenas com a perda de votos que isso pode representar.

Na sequência, Leandro se queixa do barulho do veículo blindado da Polícia Militar, o Caveirão. Cabral pergunta se há o tráfico na comunidade e, ao ouvir a negativa do garoto, diz: “Deixa de ser otário, você está fazendo discurso de otário. Bota essa inteligência para estudar, sacana”.

A gravação foi divulgada por Ricardo Gama, que postou também no Youtube uma entrevista com o Leandro, na qual o garoto conta que o governador o prometeu um notebook que nunca foi entregue. Ele diz que hoje tem 18 anos, mas que na época da gravação e da promessa ainda tinha 17.

Na conversa com Gama, Leandro diz que se sentiu humilhado pelo governador e chama Cabral de “171”, artigo de lei que corresponde ao crime de estelionato.

O blogueiro pede para o adolescente deixar um recado para o governador, e ele diz: “Sérgio, você tem que parar de ser 71 (sic), você tá pior que os biriteiros. Só fala, fala e nada cumpre. Tem que cumprir sua promessa como governador aqui do meu estado do Rio de Janeiro e não falar palavra chula para o pessoal”.

Veja o Video


*Acrescentamos comentários dentro do texto original

Visualizar todos os comentários »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: