CUBA

Castro discursa no Parlamento após 4 anos de ausencia

A aparição do velho comandante com seu uniforme verde oliva, no “parlamento cubano” para discursar, encheu o mundo de dúvidas. O tema de sua fala uma possível guerra nuclear, caso os Estados Unidos ou Israel ataquem o Irã. Todos se perguntam: o que isso quer dizer? Fidel está planejando voltar a ser o comandante em chefe novamente, ou é só um rompante de um velho que não consegue ficar longe dos refletores?

Foto: Enrique De La Osa/Reuters

Castro não está assim tão em forma, o curto pronunciamento, de 11 minutos, em nada se parece com suas longas falas de horas intermináveis, nesse mesmo parlamento

Toinho de Passira
Fontes: Reuters, The New York Times, USA Today

O ex-presidente cubano Fidel Castro voltou a participar de uma sessão do Parlamento da ilha neste sábado pela primeira vez após quatro anos, para discutir sua teoria sobre uma iminente guerra nuclear.

Castro, que completa 84 anos neste mês, foi ovacionado pelos deputados reunidos no Palácio de Convenções de Havana, numa sessão transmitida ao vivo pela televisão estatal.

Foto: Javier Galeano/Associated Press

Fidel entrando no plenário apoiado, mostrando dificuldade de caminhar

Vestido com o uniforme verde oliva que usava quando governou Cuba por quase meio século, mas sem as insígnias de comandante-chefe, Castro caminhou a passos lentos até um pódio, apoiado num subordinado, de onde falou em pé por cerca de 12 minutos.

Os cerca de 600 legisladores presentes puseram-se de pé e aplaudiram, os mais exaltados gritavam:

“Fidel, Fidel, Fidel!” “Viva Fidel!”

O Parlamento foi convocado esta semana a pedido de Fidel Castro para discutir sua teoria de que o mundo está à beira de uma guerra nuclear se os Estados Unidos atacarem o Irã.

Ao lado de seu irmão, o presidente Raúl Castro, e outros membros do governo, Fidel Castro pediu ao presidente norte-americano, Barack Obama, que evite a destruição “da espécie humana”.

Foto: Javier Galeano/Associated Press

A esposa de Fidel, Delia Soto del Valle, organiza no púlpito o discurso do ditador, essa é uma das raras aparições dela, num evento oficial

O histórico líder cubano saiu em julho de quatro anos de reclusão, participando de pequenos atos públicos. Ele continua sendo deputado e detém a influente chefia do Partido Comunista.

As imagens deste sábado foram as primeiras ao vivo de Fidel Castro em quatro anos. Desde a crise de saúde em julho de 2006, que o obrigou a ceder o poder a seu irmão Raul – primeiro temporariamente e depois definitivamente.

Sabe-se que Castro foi submetido a uma cirurgia intestinal de emergência motivada por uma doença cuja natureza exata é mantida em segredo de estado. Passou anos se recuperando em um local não revelado, mas agora aparentemente curado começa a por a maguinhas do casaco militar de fora.

Foto: Javier Galeano/Associated Press

No parlamento, os chefes de governo sentam numa fila de cadeiras especiais, havia cadeiras vazias ao lado de Raul, mas o velho ditador não sentou nelas, após o discurso, preferiu ocupar assento junto ao líder, ou presidente da casa, Ricardo Alarcón, durante a sessão que durou quase duas hora.

Na matéria do jornal americano USA Today o jornalista diz que embora fosse a primeira vez que os irmãos Fidel e Raúl apareceram juntos publicamente desde que Fidel adoeceu, não fez qualquer esforço para aproximarem-se. Segundo o jornalista os dois não haviam feito nem contato visual.

Desmentindo essa versão, imagens feitas no recinto mostram os dois conversando antes e após o evento.

Foto: Getty Images

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: