DESMANTELOS DE ZÉ LIMEIRA E UMA GRANDE DUPLA EM CANTORIA

Valdir Teles e Zé viola improvisando em Decassilabo e glosando o mote:

Foi com muitas saudades que deixei
Meu casabre de taipa abandonado


* * *

Improvisos de Zé Limeira:

Glosando o mote:

Nos olhos de minha amada

Brilham estrelas de amor.

O navi navega só

Como a muié nos espeio

Pru dentro do mar vermeio

Que sai lá no Moxotó

O poeta vive só.

A lua tem mais calô,

O jardim logo murchô,

Quage morri da patada…

Nos olhos da minha amada

Brilham estrelas de amor

* * *

Eu me chamo Zé Limeira

Cantadô que tem ciúme

Brisa que sopra da serra

Fera que chega do cume

Brigada só de peixeira

Mijo de moça sorteira

faca de primeiro gume.

*

Peço licença aos prugilos

Dos Quelés da juvenia

Dos tofus dos audiacos

Da Baixa da silencia

Do Genuino da Bribria

Do grau da grodofobia

*

Eu sou corisco pastando

No vergel da vantania

Oceano disdobrado

No véu da pilogamia

No dia trinta de maio

Pelei trinta papagaio

Santo Deus, Ave-Maria.

*****

Lá na Serra do Teixeira

Nasci, sendo bem criado

Na Alemanha os japonês

Já sabe lê um bucado

Conheço esse mundo inteiro

Fica tudo no estrangeiro

Do Teixeira do outro lado

*

Quando Jesus veio ao mundo

Foi só pra fazê justiça

Com treze ano de idade

Discutiu com a doutoriça

Com trinta anos depois

Sentou praça na puliça


*

Os Hemisférios do prado

As palaganas do mundo

Os prugis da Galiléla

Quelés do meditabundo

Filosomia Regente

Deus primeiro sem segundo

*

Canto repente no Norte

Arranco feijão no Sul

Toco fogo no paul

Não tenho medo da morte

Uma mulata bem forte

Uma novilha parida

Uma sala bem comprida

Um cangote, duas perna

Poço, cacimba e cisterna

Tenho saudade da vida

*

Heleno, que bicho é esse

Que tem fala de homem macho?

Parece um tatu quadrado

Cum cinturão no espinacho

É uma coisa tão pouca

Mas ninguém sabe se a boca

Fala pro riba ou pro baixo

*

Na serra do cai-cai-osso

Encontrei um bode moço

Cum chucaio no pescoço.

Me viu mais ficou em pé.

Eu fiz um querreque qué

Pra vê se o bode corria.

Ele fez que não me via,

Eu me escorei num mufumbo,

Lá vai caroço de chumbo

No toitiço de Maria.

*

Viajou Nossa Senhora

Naquele passado dia,

Perto duma travissia

Descansou sem ter demora.

Cortou de pau uma tora

Debruçada sobre o vento.

Ali, naquele momento,

São José sartou do jegue,

Jesus passou-lhe um esbregue.

Diz o Novo Testamento.

*

Gritou Dom Pedro Primeiro

No tempo da monarquia:

Jesus, filho de Maria.

Trovão do mês de janeiro,

São Pedro sendo o porteiro

Da capela de Belém.

Thomé comendo xerém

Com sarapaté de figo.

Se eu não me casar contigo.

Não caso com mais ninguém.

*

Seu Inácio da Jurema,

Vorte pra seu Cariri

E diga ao povo de lá

Que um dia eu vou ali

Com os anjo tudo a meu lado,

Pra vê criação de gado,

Do jeito que vou daqui.

*

Limeira só canta toada bonita

Pra moça da roça, pra moça da rua…

Braúna, chocalho de noite de lua,

Cardeiro enfeitado de laço de fita.

Carroça vestindo camisa de chita,

Novena na casa do Sítio Tauá,

Porteira, cancela, vareda, jucá,

Mutuca, facheiro, vaiado, pagode,

A cabra rodando na pimba do bode,

Cantando galope na beira do má.

*

Me chamo Limeira, Liminha, Limão,

Muntado a cavalo no mato fechado,

Ciência Regente conheço um bucado;

Carcaça de burro de espora e gibão.

Facheiro, jurema, colada, trovão,

Novilha parida do lado de lá,

A cabra berrando do lado de cá

Com medo do bode da pimba de ponta,

Limeira é quem fala, Limeira é quem conta.

Cantando galope na beira do má.

*

Não sei onde fica esse tá de oceano,

Nem sei que pagode vem sê esse má…

Eu sei onde fica Teixeira e Tauá,

Que tem meus moleques vestido de pano…

A minha patroa é quem traça meus prano,

Cem culha de milho inda quero prantá,

Farinha, lugume, feijão e jabá,

Com mói de pimenta daquela bem braba,

Valei-me São Pedro, Limeira se acaba,

Cantando galope na beira do má.

.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: