Qualquer semelhança não é mera coincidência

Justo Verissimo e sua corruptocracia.


Não é surpreendente nem inédito político corrupto tem medo (nojo) do povo. Porque? Simples, porque são corruptos, não mantém suas promessas, são apenas uma imagem sem qualquer conteúdo;

O político corrupto se acha um ser superior, iluminado, um guia para a turba de famélicos e ignorantes abaixo deles. Uma classe superior que detém o poder do país em suas mãos. Não importa se falamos de um senador ou de um vereador do interior do ceará. Todos se sentem deuses.

Aliás, medo e nojo, neste ponto, se confundem. Difícil saber se o político tem nojo do povo pura e simplesmente, ou se a coisa descamba para o medo.

Os políticos corruptos resolveram se travestir de Justo Veríssimo, personagem memorável de Chico Anysio e que tinha horror a pobre e aos seus eleitores.

“Tenho horror à pobre!”

“Quero que pobre se exploda!”

Que o pobre se exploda, o político corrupto não tem tempo nem paciência – que o diga obrigação!

– de perder seu precioso tempo tendo contato com o povo, ouvindo seus apelos, ouvindo o que eles tem a dizer.

Audácia minha sequer imaginar que o político corrupto tem qualquer obrigação de se aproximar de seus eleitores!

Há não ser em tempo de eleições…

———00000———

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: