AQUELA DOENÇA

AQUELA DOENÇA

.

As pessoas, antigamente, quando comentavam que fulano estava com câncer usavam a expressão “aquela doença”. Com certeza porque sabiam que o portador estava com os dias contados. Hoje, embora, “aquela doença”, ainda não tenha a cura completamente descoberta, sabe-se que se “ela” for detectada precocemente, e se for também tratada rapidamente, existe grande possibilidade de se alcançar a cura.

O nosso ex-presidente Lula, infelizmente está com “aquela doença”, quê foi detectada e tratada com a maior agilidade possível. Pode-se acreditar  portanto que as chances de cura são grandes.

Lula perdeu sua primeira esposa e um filho no ano de 1971, na rede publica de saúde. No ano de 1998 ele saiu candidato a Presidente da República do Brasil e em seus discursos apregoava: ”Eu não sei se o Fernando Henrique ou algum governante confiaria na saúde publica para se tratar”. Hoje nós sabemos que o Lula não confia.

No ano de 2010, Lula inaugurou uma Unidade de Pronto Atendimento do SUS na cidade de Recife dizendo: “Ela esta tão bem localizada, tão bem estruturada, que dá até vontade de ficar doente para ser atendido”. E Deus disse: “Seja feita a vossa vontade”, ele teve, ali mesmo, uma crise de hipertensão e internou-se num hospital privado. O Lula não confiou.

O Hospital Sírio Libanês, um dos melhores, mais estruturado, e mais caros do país, também atende o SUS, e lá, uma pessoa que tenha uma dor de garganta, leva 30 dias (média) para ser atendida, e se for constatada “aquela doença”, leva mais 70 dias (média) para começar o tratamento quimioterápico, e se precisar de radioterapia terá que esperar pelo menos 113 dias na média.

O Lula teve “aquela doença” diagnosticada em uma sexta e começou o tratamento na segunda, e o custo desta agilidade (e da vida) custa mais ou menos R$50 mil reais.

Tanto o Lula, como o José Alencar e a Dilma se trataram no Sírio Libanês. Eles descobriram que a vida não tem preço. Principalmente quando quem paga a conta é o povo. O mesmo povo que agoniza nas portas dos Hospitais públicos. Triste sina, este povo que agoniza, e paga seus tratamentos particulares, é o mesmo que os elegeu.

Quando Lula disse, um dia, que a saúde no Brasil estava perto de atingir a perfeição, com certeza estava pensando no tratamento particular do Sírio Libanês.

Hoje muitos brasileiros estão fazendo uma campanha pela internet, para que o Lula receba tratamento pelo SUS, em uma clara manifestação de repudio pelas condições de atendimento do sistema. Eu já acho que se ele pode pagar, ou tem quem paga, deve usufruir do tratamento privilegiado e comprovadamente eficiente do Sírio. Mas eu acho, ou melhor, eu gostaria que toda a população brasileira tivesse acesso a esse mesmo tipo de tratamento. Sempre é melhor nivelar por cima. O povo já está saturado de ouvir que a saúde é um poço sem fundo. Poço sem fundo é o dinheiro desviado pela corrupção, é o dinheiro do mensalão, é o dinheiro aplicadas em obras desnecessárias e superfaturadas, é o dinheiro gasto com ONGs de fachada, é o dinheiro aplicado para salvar instituições financeiras.

Lula sempre falou muita besteira, fez afirmações esdrúxulas, contou muita mentira. Usou a usa sua voz, sua garganta, para manipular as informações e deturpar os fatos, sempre se posicionou a favor de ditadores criminosos. Enfim, sempre usou de sua oratória para defender interesses duvidosos. Foi com sua garganta, com as cordas vocais, com sua voz que ele conquistou notoriedade. Triste sina, a mesma garganta, as mesmas cordas vocais que agora estão com “aquela doença”. E Deus disse: “Mais vale um pobre são e vigoroso do que um rico flagelado em seu corpo. A saúde e o vigor valem mais que todo o ouro do mundo.”(Siracides 30.14).

SILVIO BONFIGLIOLI*
s.bonfiglioli@hotmail.com

.

.

(*)  Silvio Bonfigliolli Neto, foi (ainda é) ex-Cabo da FAB, da Segunda de 1968, escreve para o periódico “Jornal Agito”, de Ubatuba/SP.

Fonte: Recebido por e-mail

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: