Petistas fazem ato de desagravo a Donato, acusado de vínculo com máfia dos fiscais, e o recebem com a saudação que costumam dispensar a Dirceu

28/11/2013 às 23:13

12nov2013---em-imagem-de-arquivo-fernando-haddad-entao-candidato-a-prefeito-de-sao-paulo-pelo-pt-cumprimenta-seu-coordenador-de-campanha-o-vereador-antonio-donato-em-cafe-da-manha-com-dirigentes-dos-1384277799037_615x300

É impressionante, é estupefaciente, é absurdo, mas aconteceu. Nesta quinta, o PT reuniu a cúpula do partido em São Paulo — num ato de apoio ao vereador Antonio Donato, ex-secretário de Governo de Fernando Haddad, prefeito da capital. Era o homem forte da administração. O Prefeito compareceu e fez um discurso entusiasmado em defesa do homem que coordenou a sua campanha. O vereador foi recebido com a saudação que os petistas costumam dispensar a José Dirceu: “Donato guerreiro do povo brasileiro”. Leiam o que informa Giba Bergamin na Folha Online. Volto mais tarde ao tema.
*
O PT reuniu nesta noite lideranças nacionais, deputados federais, estaduais e secretários da gestão Fernando Haddad (PT) para um ato em defesa do vereador Antonio Donato, ex-homem forte do prefeito Fernando Haddad (PT). O ex-secretário deixou o cargo após a Folha mostrar que Donato empregou o auditor fiscal Eduardo Barcellos, acusado de integrar a máfia do ISS.

Barcellos disse à Promotoria que pagava R$ 20 mil por mês quando ele era vereador, entre 2011 e o ano passado. Donato diz que é alvo de “mentiras absurdas” e que ajudou a desbaratar a quadrilha de auditores que dava descontos no ISS a construtoras em troca de propina. Entre os “defensores da honra de Donato” estava o presidente nacional do partido, Rui Falcão. O prefeito Haddad, que estava em Paris até ontem, chegou ao evento por volta das 21h. “Donato, guerreiro do povo brasileiro”, gritaram militantes assim que Donato chegou ao evento, no Sindicato dos Engenheiros, no centro da cidade.

Não vamos permitir que manchem a sua imagem. Querem derrubar tudo o que estamos construindo par atingir a gestão Fernando Haddad”, disse o secretário de Subprefeituras, Chico Macena.

Em discursos, as lideranças criticaram o Ministério Público e a imprensa. “Vivemos num país em que o Ministério Público tem viés político”, disse o presidente da Câmara, José Américo. Além das lideranças petistas, havia integrantes de partidos apoiadores, como PSB, PMDB, PTB e PC do B. Esteve no evento boa parte do secretariado de Haddad: José Floriano (Habitação), Mariane Pinotti (Pessoa com Deficiência), Chico Macena (Subprefeituras), José de Filippi (Saúde), Osvaldo Spuri (Infraestrutura) Jilmar Tatto (Transportes), Eliseu Gabriel (Trabalho), Roberto Porto (Segurança Urbana) e Rogério Sotilli (Direitos Humanos).

Haddad
O prefeito Fernando Haddad (PT) saiu em defesa de Donato durante discurso no Sindicato dos Engenheiros. Discursou por 14 minutos. “Desde o ano passado, desde que deixei o ministério da Educação, Donato é a pessoa que mais me acompanhou”, disse. Ele disse que Donato foi quem ajudou a “levar uma quadrilha de vigaristas” à prisão.
(…)

Por Reinaldo Azevedo

Tags: ,
Fonte: Veja/Notícias/Brasil/

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: