Dilma autoriza Cardozo a posar de inocente, mas novas denúncias podem incendiar o governo

29/11/2013 | Escrito por admin

jose_eduardo_30

Castelo de areia – Ministro da Justiça, o petista José Eduardo Martins Cardozo é o mais novo paladino da moralidade. Acusado de usar órgãos do governo federal para atacar adversários políticos, Cardozo vem tentando sair da crise por meio de ataques que não se sustentam.

O caso da formação de cartel, em São Paulo, para o fornecimento de material metroferroviário ao Metrô e à CPTM deve ser investigado à exaustão sem violar a legislação vigente, sob pena de eventuais culpados saírem ilesos por causa de transgressões legais.

O ministro da Justiça entregou à Polícia Federal documentos referentes a suposto caso de corrupção envolvendo a Siemens e a Alstom, mas na tradução da denúncia, originalmente inglês, está claro que nomes de políticos do PSDB foram enxertados com o objetivo de prejudicá-los, pois só assim o PT consegue manter o sonho de conquistar o governo de São Paulo e também desviar o foco das recentes prisões dos mensaleiros.

A fraude é incontestável, mas a presidente Dilma Rousseff entrou no circuito, ordenando a Cardozo que reagisse com firmeza. Dada a ordem, o ministro da Justiça mudou o discurso e agora diz que processará aqueles que o caluniam. Ora, os documentos que chegaram às mãos do ministro resultam de armação chicaneira, mas ele quer posar de vítima. Essa estratégia é conhecida e muito utilizada no PT, que rotineiramente alega desconhecer os fatos quando o nome da legenda ou de algum “companheiro” está envolvido em escândalo.

A entrada da presidente Dilma no caso e o esforço descomunal de José Eduardo Cardozo para transformar uma mentira escandalosa em uma verdade nada confiável se explica pela necessidade do PT de afastar o mau agouro que ronda a legenda. Protagonistas do período mais corrupto da história nacional, os petistas querem mostrar à opinião pública que são injustiçados e que qualquer malandragem é válida, desde que em nome de uma suposta democracia, a qual eles próprios sufocam.

Cardozo tenta desqualificar as acusações que lhe fazem com declarações desconexas e dissimuladas, mas será difícil provar na Justiça que uma tradução bizarra e tendenciosa de um documento é cópia fiel do original. Até mesmo um iniciante no idioma inglês sabe que o documento traduzido é uma vergonhosa tentativa de prejudicar alguém.

O melhor que José Eduardo Cardozo pode fazer é abandonar as pífias lições de moral e sair de cena o quanto antes, pois a história recente mostra que o telhado petista é de vidro e há no mercado um sem fim de pessoas dispostas a quebrá-lo, seja como for. Esse moralismo de ocasião corre o sério risco de virar piada de botequim, uma vez que há nos bastidores da imprensa muitas denúncias contra integrantes do PT. Algumas delas feitas por pessoas muito próximas aos denunciados.

 Link para esta matéria: http://ucho.info/?p=77191

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: