BRASÍLIA – Tráfico interno de pessoas, rufianismo e associação criminosa – Direto ao Ponto

02/12/2013 às 20:10 \ Direto ao Ponto

Surto de insônia em Brasília: Jeany Mary Corner voltou ao noticiário pornopolítico

escandalos-politica-jeany-mary-corner-prostituicao-20070815-02-size-620

Sete anos depois de viver suas dez semanas de fama como uma das principais coadjuvantes da chanchada pornopolítica “República de Ribeirão”, protagonizada pelo então ministro da Fazenda Antonio Palocci, Jeany Mary Corner voltou repentinamente ao noticiário nesta segunda-feira, ao ser presa em companhia de oito parceiros (veja reportagem aqui no site de VEJA). Ela é acusada de “tráfico interno de pessoas, rufianismo e associação criminosa”.

Tanto quanto a profissão oficial que aparece no seu cartão de visitas ─ “promotora de eventos” ─, o juridiquês de polícia camufla com palavras enroladas o verdadeiro ofício de Jeany: fornecedora de prostitutas padrão Fifa. No comando dessa batalhão de elite, supre com presteza e muita competência as necessidades da clientela composta por figurões da pital federal.

Jeany atende a qualquer tipo de encomenda, faz entregas em domicílio ou deposita a mercadoria em esconderijos remotos sem exagerar no frete. No ramo há mais de vinte anos, aprendeu como poucas concorrentes a ganhar dinheiro, fazer amigos e influenciar pessoas.

Em 2006, Jeany fez um conciso balanço do negócio que administra há muitos governos. “O de Collor foi o melhor. O de FHC foi ‘marrom’ (‘marromenos’, traduziu em seguida). O de Lula estava bom demais para ser verdade”. Aparentemente, os ventos continuaram soprando a favor no segundo mandato de Lula e nestes três anos de Dilma Rousseff.  Antes que conte como foram as coisas nesse período, Jeany decerto será libertada.

Para tirar da cadeia a dona da agenda telefônica de altíssimo risco, a turma atormentada pelo surto de insônia é capaz de tudo (até de pilotar uma operação aérea de resgate a bordo da frota de jatinhos da FABTur). Os poderosos festeiros perderam a vergonha há muito tempo. Mas nenhum perdeu o instinto de sobrevivência, aguçado pela existência de vídeos e fotos.

Nessas circunstâncias, mesmo os extraordinariamente inventivos ficam sem saber o que dizer em casa. A patroa pode achar que a coisa passou dos limites. E mulher de política é um perigo. Pode bater-lhe a vontade de vingar-se da humilhação contando tudo sobre o maridão.

Tags: , , , ,

COMENTÁRIOS:

(…)

  • Emilson Nunes Costa

    – 03/12/2013 às 0:47

    Caro Augusto Nunes, Primeiramente, parabéns por mais um programa Roda Viva, entrevistando o cantor Lobão, representante de uma parcela significativa da sociedade, a conservadora! Mas, por decorrência desse programa, eu fui forçado a fazer a seguinte denúncia na página da internet do Ministério Público Federal, tendo-o como principal protagonista:
    acabo de registrar a seguinte denúncia no site do Ministério Público Federal:
    São exatamente 23:56 horas de 02/12/2013. Acabo, como milhares de brasileiros, de assistir ao programa “Roda Viva”, a principal arena de debates políticos nacional pela tv aberta. O seu apresentador, o jornalista Augusto Nunes – que ingressou no jornalismo em 1971 -, referindo-se a um comentário feito pelo entrevistado, o cantor Lobão, sobre os que tinham recebido indenização do Governo Federal, pelo fato de, supostamente, terem sido vítimas por tortura da ditadura militar, exarou o seguinte comentário: “Eu era dessa época… E afirmo que tem jornalistas que receberam somas importantes de indenização e que não as mereceram”. Enquanto digito este texto, estou tomando um refrigerante em lata. Como Matemático, pós graduado em Administração, Finanças Empresariais e Negócios, sei que, ao comprar essa lata de refrigerante, estou a pagar uma série de tributos federais como, IR, IPI, Imposto sobre mineral, contribuições federais que, de alguma forma, contribuirão para pagar essas indenizações. Portanto, como contribuinte, achei extremamente séria essa denúncia feita pelo jornalista Augusto Nunes. Não só pela sua natureza – que já é gravíssima – mas por se tratar do histórico do jornalista em questão: Ocupou vários cargos de direção em importantes órgãos de comunicação, como também fez parte da diretoria de uma importante montadora de veículos multinacional. E o que se sabe, no meio jornalístico, é que ele exerceu tais cargos com competência e extrema seriedade. (Sugiro, para comprovação de tais informações, pesquisa em sites de busca na internet sobre o histórico profissional do jornalista Augusto). Portanto, apostando que os titulares do Ministério Público Federal sejam afetados pelo verdadeiro sentimento de responsabilidade, tão típico das Democracias mais amadurecidas, espero, então, que o jornalista Augusto Nunes Seja convocado a dar esclarecimentos sobre quem são esses jornalistas, e provar ou dar a sua versão do porquê, segundo ele, recebem indevidamente indenização financeira do contribuinte brasileiro.

    Caro Emilson: Posso até adiantar parte do direi: vou repetir o que já escrevi sobre as indenizações recebidas, por exemplo, pelo Carlos Heitor Cony, pelo Ziraldo e pelo Jaguar. São escandalosas. E inexplicáveis.
    Um abraço.
    PS: Nunca fui diretor de montadora. Fui vice-presidente de Comunicação do BankBoston.Quem trabalhou na antiga Autolatina foi o jornalista Miguel Jorge.

  • Marcus

    – 02/12/2013 às 23:54

    Nesse cabaré candango da Jeany Mary Corner a meia-luz de cores azul-amarelo-vermelho, ela, a Mary abre-alas mestre-sala, ao som de Abba no mix de Dance Queen e The Winner Takes it All, – a Rainha era a Dilma, o Vencedor era o apedeuta Lula, – para eles, os delinquentes -, estavam presentes se esbaldando em obscenidades com o dinheiro do contribuinte na melhor performance bregueira-pornô gang bang, Zequinha Sarney/PV, José Roberto Arruda do mensalão do DEM, os petralhas mensaleiros José Dirceu, Delúbio Soares, João Paulo Cunha, Antonio Palocci, e o Boy, Waldemar Costa Neto, faltou nesse dia José Genuíno, isso é fato, podem perguntar à Mary, ela não mente, ela é explicita em tudo o que faz, pode vir mais um; reveladora foto, ela a Mary, com o dedo indicador perpendicular naquele jeito caliente-receptivo, falando pro Zé Dirceu, “Voce!… Eu sabia que não ia faltar seu malandrinho, venha que eu tenho bons colchãos prá você, vamos comemorar a vitoria da rainha/Dilma e do vencedor/Lula no melhor estilo ‘la marta suplixi’ relaxe e goze”. Até quando nós, contribuinte-eleitores teremos de suportar tão grande desfaçatez e acinte por esse bandidos criminosos lulopetistas, chafurdando ostensivamente impunemente e debochando da justiça, como agora esses afrontosos pedidos desses três criminosos condenados, José Genuíno com prisão domiciliar, José Dirceu como Gerente de Hotel, e Delúbio Soares como formador educacional cutista, isso é uma amoralidade e um descrédito para a justiça. Petralhas MALDITOS!

    • Plínio

      – 02/12/2013 às 22:18

      Essa é boa, “Todos os detidos serão encaminhados ao Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília”, diz a notícia, Jeany Mary Corner, aquela, antiga Maria da esquina, – corner – a acintosa e verdadeira, diz, o governo Lula foi para a prostituição/rufianismo, “O de Lula [Governo] estava bom demais para ser verdade.”(sic), – Bom demais para ser verdade!? -, diz a rufiã, e o da Dilma, [Governo] não se diz nada até a reeleição, José Eduardo Cardoso que o diga, agora que os petralhas corruptos foram para a Papuda, lá se vão as prostitutas; em todos os níveis a delinquência – assassínio, chantagens, compra de votos, dossiês, ameaças, roubos, prostituição – os lulopetistas andaram sempre de mãos dadas, tanto à partir do Covil da Casa Civil, desde José Dirceu, passando por Erenice Guerra e chegando a Gleisi Hoffmann, com o seu Eduardo Gaievski pedófilo, ironia da história, o tempo anda, as pedras se encontram, agora todos na Papuda, – parte, parte, ainda falta um -, não fosse real não seria tão hilário, agora só falta a dengosíssima, diviníssima, digníssima, segunda-primeira-segunda-dama-da-república-lulopetista, a que não é a do baralho, mas do barulho, Rosemary Nóvoa de Noronha, a tal rose-papuda, aquela que dá pra todo mundo, cargos, no primeiro escalão, ela, a névoa para o apedeuta Lula da Silva, entrar na Papuda, a penitenciária, e o seu amado de crimes a acompanhar nesse lodaçal petralha de amor-bandido-republicano.

    (…)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: